Arquivo do Autor: biradmin

,

Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil 2017 – inscrições abertas de 1 a 31 de agosto

Estão abertas as inscrições para submissão de periódicos brasileiros para indexação na LILACS no período de 01 a 31 de agosto de 2017.

Revistas da área de saúde ou áreas transversais com pelo menos 30% de artigos sobre saúde; 50% de artigos originais; ISSN; pelo menos 3 fascículos publicados, sendo um do ano corrente; e pontuais com sua publicação, podem submeter à avaliação do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil.

As revistas são avaliadas com base nos Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS Brasil, que consolida e documenta os critérios correntes já adotados para a avaliação das revistas em anos anteriores.

Os periódicos são avaliados tanto na forma de apresentação e normalização como por seu conteúdo e relevância científica. A avaliação conta com o apoio de especialistas das áreas e membros do Comitê LILACS Brasil.

Os Centros Coordenadores Nacionais (CCN) LILACS são responsáveis pela avaliação e seleção de periódicos de seus países. Além disso, a avaliação e seleção de periódicos das áreas de Psicologia, Enfermagem e Odontologia também são descentralizadas, realizadas pela coordenação das respectivas BVS temáticas.

Procedimentos para Submissão do Periódico à Avaliação

Período de inscrição: 1° a 31 de agosto de 2017

Mais informações: Portal da Metodologia LILACS – Seleção de Periódicos

, ,

Resultados da 17ª Reunião do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil

Foi realizada via WebEx em 9 de dezembro de 2016 a 17ª Reunião do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil.

Coordenada pela equipe de Fontes de Informação Referenciais (FIR/PFI) da BIREME/OPAS/OMS, a reunião teve como objetivos:

  • Avaliação dos periódicos brasileiros inscritos para indexação na LILACS;
  • Definição dos Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS Brasil;

Nove revistas foram submetidas ao processo de avaliação e sete delas forma analisadas pelo Comitê, que é formado por especialistas das áreas de Medicina Clínica e Cirúrgica, Saúde Pública, e Farmácia, além das redes especializadas de Odontologia e Enfermagem.

 

Veja o resultado da avaliação 2016

, ,

XVI Reunião da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde/ Rede BVS Brasil

destaque-XVI-reuniao-SNBUA XVI Reunião da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde/ Rede BVS Brasil* acontecerá junto ao XIX Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, em Manaus, no dia 15 de outubro de 2016, com o objetivo de fortalecer e promover a Biblioteca Virtual em Saúde, considerando como eixos temáticos suas Redes e Produtos e Serviços de Informação.

Estão previstos reunião temática e workshop/oficina sobre novas tecnologias e metodologias desenvolvidas pela BIREME para gestão de fontes de informação e recuperação de informação, direcionado a rede e aos participantes do SNBU.

Quando:

15 de outubro de 2016, das 9 às 17:30 horas

Onde:
Tropical Manaus Ecoresort – Av. Cel. Teixeira, 1320
Cep: 69.037-000
Ponta Negra, Manaus, AM

Público Alvo:
Produtores, intermediários e usuários de informação em ciências da saúde; representantes de instituições da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde/Rede BVS Brasil e profissionais de áreas afins que tenham interesse no tema.

  • Confirme sua participação na XVI Reunião da Rede Brasileira de Informação em Ciências da Saúde Rede BVS Brasil através do link goo.gl/mQ683O.

*Conforme definido pela organização do SNBU, a taxa de inscrição para participar de 1 dia de reunião é de R$ 150,00 reais e deve ser feita diretamente no site do evento no item inscrições.

 

Promoção de produtos e serviços no Estande da Rede BVS Brasil no SNBU

 

estande-BVS-BrasilDe 17 a 19 de outubro de 2016, a BIREME/OPAS/OMS e o Ministério da Saúde disponibilizam para toda a rede brasileira um estande no SNBU. Fique a vontade para organizar apresentações, sorteios ou outra ação utilizando este espaço que é seu! O estande BVS Brasil tem 12m², localização privilegiada, infraestrutura para pequenas apresentações, display para folders promocionais, etc. Traga seu material promocional, venha conversar e trocar experiências com toda a Rede.

Mais informações em: Promoção de produtos e serviços no Estande da Rede BVS Brasil no SNBU.

 

 

,

LILACS reavalia coleção de revistas

No ano em que completa 30 anos, a LILACS vem reavaliando a coleção de revistas indexadas com o objetivo manter-se atualizada e relevante.

Primeiramente foram reavaliadas as revistas com atraso de publicação e os 10 títulos abaixo foram excluídos. Desses títulos, um também não atende aos critérios de acesso aberto.

Em conjunto com as coordenações das redes temáticas e nacionais ainda serão reavaliados os títulos em atraso das áreas de Enfermagem, Odontologia e Psicologia e dos países da América Latina e Caribe.

Este ano checaremos os títulos que não cumprem com todos os Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS, especialmente o de prover o texto completo dos artigos em acesso aberto, e as revistas que não atendam aos critérios serão excluídas da LILACS até o final de 2016.


 

LILACS revalua colección de revistas

En el año en que LILACS ha completado 30 años se revalúa la colección de revistas indizadas con el objetivo de  mantenerla actualizada y relevante.

Primero fueran revaluadas las revistas con retraso de publicación y las 10 revistas abajo fueran excluidas. De ellas, una también no cumplía con el criterio de ofrecer acceso abierto a los artículos de la revista.

En conjunto con las coordinaciones de red aún van a ser revaluadas las revistas en retraso en áreas temáticas de Enfermería, Odontología y Psicología y de los países de América Latina y  Caribe.

Este año todos los Criterios de Selección y Permanencia de Revistas LILACS van a ser chequeados, especialmente provisión de acceso abierto a los artículos de las revistas y las que no cumplen con ellos van a ser excluidas de la base hasta fines de 2016.


 

LILACS reevaluate its journals collection

In the 30rd anniversary of LILACS we are re-evaluating the journals collection with the objective to maintain LILACS up to dated and relevant.

The criteria checked were regularity and frequency in publication and the 10 journals below were excluded from LILACS. One of them do not accomplish with the open access to the articles of the journal.

The same verification will be done in Nursing, Dentistry and Psychology areas and in Latin American and Caribbean countries collection with the collaboration of the network coordinations.

In this year the LILACS Journal Selection and Permanence Criteria will be checked and all journals that do not accomplish the criteria will be excluded from LILACS until the end of the year.


 

Revistas excluidas | Journals excluded:

  1. ARBS: annual review of biomedical sciences
  2. Brasília médica
  3. Brazilian journal of allergy and immunology
  4. Jornal brasileiro de neurocirurgia
  5. Pesticidas
  6. Revista brasileira de toxicologia – (No open access)
  7. Revista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Craniomaxilofacial
  8. Revista de administração em saúde
  9. Revista do médico residente (Online)
  10. São Paulo em perspectiva

Fortalecimento da BVS Educação em Ciências da Saúde é discutido entre BIREME e Faculdade de Medicina/USP

BVS-Educ

Representantes da Faculdade de Medicina da USP (FM/USP) estiveram presentes na BIREME para discutir propostas de cooperação para atualização e fortalecimento da BVS Educação em Ciências da Saúde (BVS Educ).
A BVS Educ tem como objetivo geral, contribuir para a evolução da Educação em Ciências da Saúde no Brasil, pela promoção do uso eficiente e eficaz da informação científica e técnica para apoio às atividades educativas, de pesquisa, de assistência e aos processos decisórios na área.
Dentre as linhas de ação identificadas se destaca: atualização da plataforma tecnológica do Portal da BVS Educ para utilização do WordPress/plugin BVS e suas fontes de informação; desenvolvimento da interface de busca integrada (iAHx); fortalecimento da Rede de Bibliotecas da área de Educação em Ciências da Saúde e reestabelecimento do Comitê Consultivo.

home-bvs-educ

A equipe da BVS já vem atuando em algumas ações para o fortalecimento da BVS como: atualização do permanente do portal; criação de um espaço para divulgação de eventos de interesse para a área; capacitação dos centros cooperantes na metodologia LILACS para a atualização das bases de dados; engajamento no uso do Twitter; desenvolvimento de um Blog com informações da área de Educação em Ciências da Saúde, coordenado pela Divisão de Biblioteca e Documentação da FMUSP, entre outros.
A reunião aconteceu nas novas instalações da BIREME no dia 17 de Maio, com a participação de Eidi Raquel Franco Abdalla, coordenadora da BVS e Rosa Maria Fischi, bibliotecária da Secretaria Executiva, ambas da FMUSP e Verônica Abdala (gerente PFI/SCI), Joanita Barros, Juliana Sousa, bibliotecárias  (ambas MIP/PFI) e Sueli Suga (FIR/PFI) pela BIREME.

Escrito por: juliana.sousa
Fonte: Comunicação BIREME

Dia Internacional da Enfermagem 2016: Lançamento BVS Enfermería Internacional

O Dia Internacional da Enfermagem é celebrado todos os anos em 12 de maio. A celebração teve início em 1965, por iniciativa do Conselho Internacional de Enfermagem. A data comemora o aniversário de Florence Nightingale, considerada a fundadora da enfermagem moderna. Nesta data, todos os anos, o Conselho Internacional de Enfermagem prepara e distribui material informativo educacional para uso dos profissionais de enfermagem, associações, ministérios de saúde e instituições de saúde em todo o mundo.

O tema do Dia Internacional da Enfermagem 2016 é  “Enfermeiros: Uma força para a mudança: Melhorando a resiliência dos sistemas de saúde”.

O Departamento de Sistemas e Serviços de Saúde da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) realizará na data um seminário intitulado “A Transformação e potencial da educação em enfermagem na Região das Américas em prol da saúde universal”.  Na ocasião será lançada a BVS Enfermería Internacional, iniciativa da OPAS/OMS, Escola de Enfermagem da UFMG, BIREME e instituições dos países que integram a Rede BVS Enfermagem: Argentina, Bolívia, Brasil, Cuba e Colômbia.

O evento será transmitido em tempo real via WebEx em português, espanhol e inglês. O tema principal do evento é a transformação e potencial de educação em enfermagem na região das Américas em prol da saúde universal.

Consulte a programação do evento e os links para transmissão online.

Link para participar – WebEx:  

bvs_enfermeria

 

Literatura Científica e Técnica

A BIREME/OPAS/OMS recomenda documentos e fontes de informação em enfermagem na BVS Enfermería Internacional.

Links de Interesse

Página da OMS sobre enfermagem (em inglês)

Redes Internacionais de Enfermagem (em espanhol)

Diretório Pan-Americano de Escolas de Enfermagem

Kit Dia Internacional da Enfermagem 2016 (em inglês)

Conselho Internacional de Enfermagem (em inglês)

BVS Enfermería Internacional

BVS Enfermagem Brasil

 

Fonte: Comunicação BIREME

Fortalecimento da BVS Psicologia Brasil

Reuniao_BVS_PSI

Representantes do Instituto de Psicologia da USP (IPUSP) e do Conselho Federal de Psicologia (CFP) discutem com a BIREME propostas de cooperação para atualização e fortalecimento da BVS Psicologia Brasil (BVS Psi). Dentre as linhas de ação identificadas, destacam-se: Atualização da plataforma tecnológica do Portal da BVS Psi; Fortalecimento da Rede de Bibliotecas da Área de Psicologia; Desenvolvimento do Índice de Pesquisa Brasileiro da Psicologia; e Análise e revisão dos processos de gestão das fontes de informação.

A reunião aconteceu na nova sede da BIREME, no dia 12 de abril, com a participação de Maria Imaculada Sampaio, representante do CFP na BVS Psi, Carla Nascimento, gestora da BVS Psi, Verônica Abdala, gerente da unidade Produção de Fontes de Informação da BIREME/OPAS/OMS, das bibliotecárias Joanita Barros e Juliana Sousa, da unidade de Monitoramento de Instâncias BVS na BIREME/OPAS/OMS e Sueli Suga, supervisora da unidade de Fontes de Informação na BIREME/OPAS/OMS.

Essa proposta marcará uma nova fase da BVS Psi Brasil em busca de seu fortalecimento e sustentabilidade, contando com o apoio fundamental do CFP e da Faculdade de Psicologia da Universidade de São Paulo.

BIREME publica versão 2016 do DeCS

decs2016-220x116

decs2016-220x116Encontra-se disponível, desde 21 de março, a mais recente versão do DeCS (Descritores em Ciências da Saúde), o vocabulário controlado usado para a indexação de documentos de bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, atualizado anualmente pela BIREME/OPAS/OMS como ação coordenada pela gerência AFI. A versão 2016 conta com 443 novos descritores

O DeCS é o vocabulário controlado usado para a indexação de documentos de bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) , incluindo a LILACS, MEDLINE, REPIDISCA, BDENF, BBO, entre outras. O DeCS foi construído a partir do conteúdo e da estrutura do vocabulário MeSH (Medical Subject Headings) da National Library of Medicine (NLM) dos EUA, com o diferencial de se apresentar em 3 idiomas (espanhol, inglês e português) e de ser constituído por outras quatro categorias conceituais próprias, além das 16 categorias do MeSH. Permite, assim, que a mesma terminologia seja utilizada para recuperar informação na área da saúde da região da América Latina e Caribe nos idiomas espanhol, inglês e português.

DeCS 2016

A versão 2016 conta com 443 novos descritores e com um aumento de 2,4% no número médio de sinônimos por idioma. Como destaque, foram incluídos dois descritores advindos das recentes preocupações mundiais quanto ao impacto do vírus Zika na saúde: Zika virus e Infecção pelo Zika virus. Também é digno de nota que o qualificador /uso diagnóstico foi eliminado na versão 2016 do MeSH e do DeCS.

Os novos conceitos foram distribuídos por 19 das 20 categorias do DeCS, já que a categoria Ciência e Saúde foi a única a não receber novos descritores esse ano. Os maiores aportes de descritores se deram nas categorias D-Compostos Químicos e Drogas (26% dos novos), G-Fenômenos e Processos (com 12%), A-Anatomia (com 9%), E-Técnicas e Equipamentos Analíticos, Diagnósticos e Terapêuticos (com 9%) e N-Atenção à Saúde (com 9%). Juntas, essas categorias receberam 65% dos novos descritores de 2016.

Para mais detalhes sobre a estrutura do DeCS 2016 visite a página do DeCS.

novosdecs2016-564x450

Informação sobre a mudança das instalações da BIREME/ Información sobre el cambio de las instalaciones de BIREME/ Information on the change of BIREME’s premises

Informamos que a partir de 31 de março de 2016 o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME/OPAS/OMS) estará localizado temporariamente na Rua Vergueiro 1.759, 7º andar, Paraíso, 04101-000, São Paulo, Brasil. As instalações permanentes serão no 9º andar do referido edifício, dentro de três meses.

Os portais coordenados pelo Centro permanecem acessíveis, assim como os e-mails institucionais. Informamos ainda que o número de telefone atual (11) 5576-9800 permanece funcionando.

As atividades da gestão e cooperação técnica da BIREME seguem em andamento conforme previsto no Plano de Trabalho Bianual (PTB) do Centro.

A BIREME completou 49 anos de seu estabelecimento e operação em 3 de março de 2016. O Centro foi fundado em 1967 por meio de um convênio entre a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e o Governo do Brasil representado pelos Ministérios da Saúde e Educação, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A partir do ano 2015, todavia, a Unifesp decidiu não continuar oferecendo apoio institucional à BIREME o que, consequentemente, motivou a mudança das instalações do Centro.

A BIREME está orientada à cooperação técnica com os países membros da OPAS, e vem, por meio de seus produtos e serviços, democratizando o acesso, publicação e uso de informação científica e evidência em saúde. O progresso da operação de sua vem sendo evidenciado por meio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e Redes Associadas, que está presente em 31 países e envolve mais de 2000 instituições. A BVS e completou 18 anos de operação no último dia 27. Com esse escopo, a BIREME assegura aos seus sócios, usuários e amigos que o trabalho continuará e será reforçado para apoiar os países da Região para o melhor e maior uso de evidência para a tomada de decisão em saúde.

Agradecemos a distinta colaboração da Unifesp durante esses 49 anos de existência e convivência no Campus São Paulo desta renomada Universidade.

 

BIREME/OPAS/OMS

—————————————————————————————————————————————————————–

Informamos que a partir de 31 de marzo de 2016 el Centro Latinoamericano y del Caribe de Información en Ciencias de la Salud (BIREME/OPS/OMS) estará ubicado temporalmente en la Rua Vergueiro 1.759, 7° piso, Paraíso, 04101-000, São Paulo, Brasil. Las instalaciones permanentes estarán en el 9° piso de ese mismo edificio, dentro de tres meses.

Los portales coordinados por el Centro siguen siendo accesibles, así como los correos electrónicos institucionales. También se informa que el número de teléfono actual +55 11 5576-9800 sigue en funciones.

Las actividades de gestión y cooperación técnica de BIREME siguen en curso según lo previsto en el Plan de Trabajo Bienal (PTB) del Centro.

BIREME ha completado 49 años de su creación y funcionamiento el 3 de marzo de 2016. El centro fue fundado en 1967 a través un acuerdo entre la Organización Panamericana de la Salud/ Organización Mundial de la Salud (OPS/OMS) y el Gobierno de Brasil representado por los Ministerios de Salud y Educación, la Secretaría de Salud del estado de São Paulo y la Universidad Federal de Sao Paulo (Unifesp). A partir de 2015, sin embargo, la Unifesp decidió no seguir otorgando el apoyo  institucional a BIREME, lo que llevó al cambio de sus instalaciones.

BIREME está orientada a la cooperación técnica con los países miembros de la OPS y fomenta, a través de sus productos y servicios, la democratización del acceso, publicación y uso de la información científica y evidencia en salud. El progreso de la operación de su operación se evidencia a través de la Biblioteca Virtual en Salud (BVS) y sus redes asociadas, que está presente en 31 países e incluye más de 2.000 instituciones. La BVS completó 18 años de operación el 27 de marzo. Con esta mirada, BIREME asegura a sus socios, usuarios y amigos, que el trabajo continuará y se verá reforzado a fin de apoyar a los países de la Región a un mejor y mayor uso de evidencia hacia la toma de decisiones en salud.

Agradecemos la colaboración con la Unifesp durante estos 49 años de existencia y convivencia en el Campus de São Paulo de esta reconocida universidad.

 

BIREME/OPS/OMS

—————————————————————————————————————————————————————–

From March 31, 2016 the Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information (BIREME/PAHO/WHO) will be located temporarily at Rua Vergueiro 1,759, 7th floor, Paraíso, 04101-000, São Paulo, Brazil. Permanent facilities will be on the 9th floor of that building, within about three months.

The portals coordinated by the Center remain accessible, as well as the institutional e-mails. We also inform that the current phone number +55 11 5576-9800 remains operating.

The management and technical cooperation activities of BIREME are in progress, as stated in the Center’s Biennial Work Plan (BWP).

BIREME completed 49 years of establishment and operation on March 3, 2016. The Center was founded in 1967 through an agreement between the Pan American Health Organization/World Health Organization (PAHO / WHO) and the Government of Brazil represented by the Ministries of Health and Education, the São Paulo state Health Secretariat and the Federal University of São Paulo (UNIFESP). From 2015, however, UNIFESP decided to phase out institutional support to BIREME, requiring the change of premises.

BIREME is dedicated to technical cooperation with PAHO member countries and, through its products and services, to democratization of access, publication and use of scientific information and evidence in health. Progress has been achieved through the Virtual Health Library (VHL) and associated networks, which is present in 31 countries and involves over 2,000 institutions. The VHL completed 18 years of operation in March 27. With that scope, BIREME assures its partners, users and friends that work will continue and will be strengthened to support countries in the region toward better and greater use of evidence for decision-making in health.

We appreciate the collaboration of UNIFESP during these 49 years of existence and conviviality in the São Paulo Campus of this renowned university.

 

BIREME/PAHO/WHO

 

,

Plataforma de Conhecimentos do Programa Mais Médicos é lançada na 12ª Conferência Internacional da Rede Unida

IMG-20160322-WA0005O portal Plataforma de Conhecimentos do Programa Mais Médicos (http://apsredes.org/mais-medicos) foi lançado no dia 22 de março de 2016, em Campo Grande, durante a 12ª Conferência Internacional da Rede Unida e contou com as participações de Dr. Luiz Augusto Fachini, coordenador da Rede de Pesquisas em Atenção Primária da ABRASCO, Raquel Abrantes, consultora da UTMM-OPAS-OMS Brasil e Rosemeire Rocha, bibliotecária da BIREME/OPAS/OMS.

A Plataforma de Conhecimentos do Programa Mais Médicos (PMM) é uma iniciativa conjunta da Rede de IMG-20160322-WA0003Pesquisa em Atenção Primária à Saúde da Abrasco a OPAS-OMS Brasil e o Ministério da Saúde. Constituem uma ferramenta de interação entre pesquisadores, gestores e demais atores do setor da saúde que reúne informações e evidências científicas provenientes das pesquisas sobre o Programa. 

Seu objetivo é compartilhar os conhecimentos acumulados no processo de implementação do programa como parte de uma estratégia para tornar transparente os resultados, fortalecer as ações públicas e facilitar o intercâmbio de experiências. Organizar, socializar e promover a difusão deste investimento intelectual envolvido5, analisar e refletir sobre o mesmo, promover intercâmbio de informação entre os pesquisadores são algumas das atividades que a Plataforma irá possibilitar.

A Plataforma reúne acervos de Pesquisas e de Publicações sobre o PMM. O Acervo de Pesquisa contém informações sobre as principais investigações sobre o tema concluídas e em andamento no Brasil. Já o Acervo de Publicações oferece os resultados de um levantamento contínuo dos trabalhos científicos publicados sobre a forma de artigos, livros e capítulos de livros e 4teses defendidas que referem o Programa.

As bases de dados são construídas por meio da interação com o pesquisador que pode cadastrar o seu projeto de pesquisa, descrever questões metodológicas, compartilhar resultados e desafios na geração do conhecimento. Outra forma de coleta é a busca sistemática aos principais sites acadêmicos e a utilização de motores de busca em repositórios digitais.

Também podem ser sugeridas publicações técnicas e científicas, além de teses e documentos não convencionais sobre o PMM.

Esse trabalho é fruto da cooperação técnica entre a Rede APS da Abrasco, o Ministério da Saúde, a OPAS/OMS Representação do Brasil e a BIREME/OPAS/OMS.