Sobre o Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil

Procedimentos de avaliação

É o processo no qual são avaliados periódicos nacionais da área de Ciências da Saúde para inclusão ou manutenção na LILACS, exceto áreas de Enfermagem, Odontologia e Psicologia, que possuem processo próprio.

Realizado com base nos Critérios de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS, aplicado a toda América Latina e Caribe.

O resultado da avaliação provém da realização da Reunião do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil.

Submissão do periódico para avaliação LILACS:

  • 3 últimos fascículos publicados, sendo que pelo menos um deve ser do ano corrente (2010);
  • Formulário de peer review utilizado pelo periódico (avaliação por pares);
  • Formulário excel com dados do periódico.

Etapas da avaliação

1. Pré-avaliação de escopo e formato

Todos os periódicos apresentados passam por pré-análise de escopo e formato e é excluído do processo o periódico que:

  • Não possui registro no ISSN;
  • Possui excessivos problemas de formato e normalização do periódico;
  • Predominância de artigos originais inferior a 50% do total de artigos publicados nos três fascículos considerados para a análise.

2. Avaliação de formato e endogenia

  • Relatório de formato: sobre os aspectos de normalização do periódico produzido pela Equipe LILACS
  • Relatório de endogenia: (distribuição geográfica e institucional dos autores) produzido pela Equipe LILACS sob a supervisão do estatístico da BIREME.
Não deve ser usado como ponto de corte, mas para subsidiar o parecer do revisor nos casos de revistas cujo conteúdo científico não justifique a seleção.

Indica também os autores sem afiliação, informação importante para geração de indicadores bibliométricos;

  • Relatório retrospectivo:documentação dos Comitês LILACS e SciELO anteriores.

3. Avaliação de mérito científico

  • Relatório de citação na coleção SciELO produzido pela Equipe LILACS sob supervisão do estatístico da BIREME.
Não deve ser usado como ponto de corte, mas para subsidiar o parecer do revisor nos casos de revistas cujo conteúdo científico não justifique a seleção.

Presume-se que os periódicos em análise receberão baixa citação na coleção SciELO por alguns motivos, dos quais destacam-se:

  • Periódicos com curto período de existência;
  • Pouca disponibilidade de acesso ao conteúdo dos periódicos nos grandes centros científicos;
  • Baixa prioridade de assinatura pelas bibliotecas;
  • Temática do periódico não muito tratado nas publicações do momento;
  • Coleção SciELO não possui periódicos que contemplem a área temática do periódico em análise.
  • Formulário de peer review da revista: formulário para avaliação de periódicos utilizado pelo editor do periódico em avaliação;
  • Pareceres de especialistas da área: no mínimo 2 pareceres foram solicitados aos especialistas da área temática do periódico.

Recomenda-se a leitura integral dos pareceres emitidos.

Deve ser avaliado criticamente pelo membro do comitê.
  • Outros dados: (corpo editorial, revisores, peer review, fluxo e tiragem, sobre o periódico): parte do formulário enviado pelo editor do periódico em avaliação.

4. Avaliação pelo Comitê Consultivo

  • Cobertura do tema na LILACS lista de periódicos nas áreas temáticas dos periódicos avaliados.
Deve ser considerado com atenção para a avaliação da aprovação do periódico ou não.
  • Recomendações: formulário para produção das recomendações do Comitê de Seleção LILACS para o editor do periódico;
  • Formulário de avaliação do Comitê: formulário usado para avaliação de cada um dos periódicos, que ao final da reunião deverá ser assinado e será juntado ao processo e suas recomendações inseridas no relatório final.