Como Criar

Passo a passo para o desenvolvimento de uma biblioteca virtual de acordo com o modelo da BVS

 

Uma instância da Rede BVS é uma iniciativa desenvolvida por um grupo de instituições utilizando o modelo de gestão da informação da BVS – o Modelo BVS. Todo o trabalho de produção, seleção, organização e sistematização de conteúdos realizado por este grupo se materializa por meio de um Portal da BVS, que pode ser desenvolvido em diferentes âmbitos, como geográfico, temático, institucional ou outros.

 

Como desenvolver uma instância da Rede BVS

Para o desenvolvimento de uma instância da Rede BVS, deve-se, inicialmente:

  • Definir seus objetivos principais;
  • Definir seu escopo, principais assuntos e temas relacionados;
  • Identificar seu público alvo e as principais necessidades de informação destes;
  • Identificar as instituições que possuem produção científica sobre o escopo definido e estruturar uma rede de colaboração/estrutura de governança;
  • Definir quais conteúdos e fontes de informação respondem aos problemas identificados e criar e/ou colaborar com esses conteúdos e fontes de informação para compor a coleção do portal da BVS; e
  • Desenvolver o portal da BVS para organizar e disponibilizar as fontes de informação e identificadas.
  • Como desenvolver o portal da instância da Rede BVS

    Os portais das instâncias da Rede BVS dão aos usuários a visibilidade dos conteúdos organizados em fontes de informação, bem como permitem conhecer as instituições responsáveis pelo projeto e seus mecanismos de gestão e organização. Desta forma, refletem e expressam a realização de um trabalho alinhado aos três pilares da BVS.

     

    O desenvolvimento de um portal é baseado em padrões que visam permitir a integralidade e a convergência da comunicação das instâncias entre si, delas com o portal regional da BVS e com seus usuários. Esses padrões são aplicados aos diferentes elementos que compõem um portal: à arquitetura da informação (estrutura de navegação e organização das fontes de informação), aos padrões de acessibilidade (acesso pelo maior número possível de pessoas, independentemente de suas condições físicas), ao desenho de interface (formatação dos conteúdos para diferentes dispositivos de acesso), à programação visual e à tecnologia a ser implementada.

     

    Para a construção de portais de instâncias da Rede BVS e a integração de suas fontes de informação utiliza-se o Plugin BVS para WordPress.

    Material de apoio

     O que é o plugin BVS para WordPress (vídeo)

     Sobre o WordPress e como instalar

     Plugin BVS para WordPress - como baixar e instalar

     Plugin BVS para Wordpress - GitHub da RedDes

     Manual de uso do Plugin BVS para WordPress

     Como organizar conteúdos no Plugin BVS e manusear os widgets dos plug-ins (vídeo)

      Manual de identidade visual da BVS

    Workshop de Atualização da Plataforma Tecnológica da BVS – 2014 - Conteúdo do evento (em espanhol)

    [ ← Show Excerpt ]
  • Definição do plano de ação

    Os representantes do Comitê Consultivo, com o apoio da Secretaria Executiva, devem desenvolver um projeto de concepção inicial e planos de ação específicos para nortear as atividades da instância da Rede BVS. Em geral, incluem ações de manutenção e atualização de fontes de informação e do portal, ações de comunicação e divulgação, atividades de cooperação técnica interinstitucional, etc. Os projetos devem definir prioridades de acordo com as necessidades e recursos disponíveis, assim como a distribuição de responsabilidades e do trabalho em rede.

     

    O planejamento, definição de escopo, cronograma, orçamento, execução, monitoramento e encerramento dos projetos e ou planos de ação com documentação das atividades desenvolvidas são ferramentas importantes para fortalecer a BVS, posicionando-a favoravelmente em ações de cooperação técnica e oportunidades de financiamento junto a órgãos de fomento, garantindo e fortalecendo sua sustentabilidade.

    Material de apoio

    Guia para elaboração de propostas de projeto

    Modelo de proposta de Projeto para uma BVS

    [ ← Show Excerpt ]
  • Estabelecendo a Estrutura de Governança

    Uma vez mapeadas as instituições que irão colaborar no desenvolvimento de uma instância de BVS elas se organizam seguindo uma estrutura de governança pré-definida, assumindo diferentes funções, a saber:

    Coordenação e/ou Secretaria Executiva

    • Representada por uma instituição que dispõe de condições políticas, econômicas e de recursos humanos e tecnológicos favoráveis para conduzir a liderança da operação da instância da Rede BVS;
    • Responsável pelo acompanhamento das ações deliberadas pelo Comitê Consultivo, expressas no seu projeto e planos de ação, principalmente no que tange à promoção do trabalho cooperativo e em rede para operação das fontes de informação;
    • Responsável por promover o funcionamento efetivo do Comitê Consultivo, incluindo a organização de reuniões periódicas presenciais e/ou remotas.

    Comitê Consultivo

    • Constituído de forma equitativa por um grupo de instituições do escopo ao qual será desenvolvida a instancia da Rede BVS, representado por seus especialistas. É recomendável que diferentes perfis de instituições componham o Comitê Consultivo, (pesquisa, academia, governo, sociedades científicas etc.) para contemplar as necessidades e interesses de diferentes tipos de usuários;
    • Responsável pelos projetos e os planos de trabalhos que definem as linhas de ação prioritárias da BVS, bem como seu desenvolvimento, avaliação contínua e definição dos critérios de qualidade das fontes de informação;
    • Responsável por orientar a criação de grupos para temas específicos, como por exemplo, o Comitê de Seleção para avaliação das revistas científicas, contribuindo assim para a qualidade e representatividade da literatura científica relevante na BVS;
    • É o fórum de deliberação da instância da BVS.

    Comitê Técnico

    • Composto por profissionais de informação e tecnologias de informação de instituições que compõem o Comitê Consultivo da BVS;
    • Responsável pela operação das fontes de informação e sua atualização contínua;
    • Sua composição pode ser validada pelo Comitê Consultivo;
    • Também chamado de Comitê Executivo ou Operacional.
    [ ← Show Excerpt ]
  • Organização do trabalho cooperativo e descentralizado

    A responsabilidade pela gestão e operação das coleções de fontes de informação desenvolvidas no âmbito da instância da Rede BVS é compartilhada pelas instituições participantes. Cabe a estas a definição da sua forma de inserção e participação no desenvolvimento dos projetos/planos de ação.

     

    A definição destes diferentes papéis é explicitada e consolidada na Matriz de Responsabilidades, documento que indica qual a instituição coordenadora e quais as cooperantes de cada fonte de informação da instância da Rede BVS.

    Material de apoio

     Modelo de matriz de responsabilidades

     

    [ ← Show Excerpt ]
  • Promoção e Divulgação da BVS

    As ações de promoção e divulgação são consideradas parte integral do desenvolvimento da BVS. Essas ações posicionam a BVS como espaço atualizado e de referência em acesso à informação, conhecimento e evidências científicas, e sensibilizam o público-alvo sobre a importância estratégica da BVS. São também mecanismos para fortalecer a cooperação técnica e ampliar as parcerias com outras redes.

    A seguir são apresentadas as principais linhas de ação em promoção e divulgação da BVS.

    Realização de Cursos e Capacitações

    Cursos e capacitações sobre a BVS são atividades desenvolvidas em parceria com a Rede BVS nas modalidades presencial e online. Essas atividades são direcionadas à profissionais das áreas da saúde e de informação, nas abrangências geográficas e temáticas da BVS.

     

    As capacitações atendem à demanda dos países e da região por treinamentos e promovem a BVS em universidades, institutos de pesquisa, hospitais, secretarias e outros órgãos públicos voltados para a atenção em saúde e formação de profissionais.

     

     Acompanhe os eventos da Rede BVS

    Produção e veiculação de notícias

    A elaboração e veiculação de notícias sobre a BVS e seus conteúdos contribui para sua promoção e amplia os canais de comunicação com usuários e potenciais parceiros. Nesta direção devem ser consideradas diversas funcionalidades e ferramentas de comunicação e interação social como boletins de notícias, hotsites, blogs, mídias sociais, entre outros.

    Elaboração de produtos gráficos

    Para apoiar as linhas de ação supracitadas a BVS faz uso de diferentes produtos gráficos para comunicar visualmente conceitos, projetos, produtos e serviços por meio de panfletos, banners, etc. A confecção destes produtos é realizada de forma descentralizada pela Rede de instituição da BVS utilizando-se dos materiais disponíveis em: https://logos.bireme.org/

    Participação em Eventos

    A promoção da BVS nos principais eventos da área da saúde, biblioteconomia e ciência da informação deve ser uma atividade constante. A participação em feiras, exposições, congressos, conferências, seminários, fóruns, oficinas, entre outros tipos de eventos, são oportunidades para demonstrar as fontes de informação e os recursos da BVS, seja com a apresentação de trabalhos científico-técnicos ou por meio de estandes nestes eventos.

    Realização de estudos e publicações

    Publicações como livros, guias e relatórios documentam e divulgam de forma sistemática o trabalho realizado no âmbito da BVS junto aos produtores, usuários e intermediários de informação em saúde.

     

    Além disso, enquanto objeto de trabalho de grande número de profissionais de informação, tecnologia e saúde distribuídos na Rede BVS, a BVS é alvo de um grande número de pesquisas sobre suas diferentes facetas. Estes estudos retroalimentam os planos de trabalho da BVS e suas instâncias ao indicar caminhos e soluções para os desafios encontrados em sua missão.

     

     Conheça as publicações sobre a BVS

    [ ← Show Excerpt ]