Arquivo da tag: LILACS

, ,

Resultados da 17ª Reunião do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil

Foi realizada via WebEx em 9 de dezembro de 2016 a 17ª Reunião do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil.

Coordenada pela equipe de Fontes de Informação Referenciais (FIR/PFI) da BIREME/OPAS/OMS, a reunião teve como objetivos:

  • Avaliação dos periódicos brasileiros inscritos para indexação na LILACS;
  • Definição dos Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS Brasil;

Nove revistas foram submetidas ao processo de avaliação e sete delas forma analisadas pelo Comitê, que é formado por especialistas das áreas de Medicina Clínica e Cirúrgica, Saúde Pública, e Farmácia, além das redes especializadas de Odontologia e Enfermagem.

 

Veja o resultado da avaliação 2016

,

Iniciativa LILACS Express é atualizada e ampliada

Capturar

Lilacs-express2LILACS-Express é uma iniciativa de caráter cooperativo que visa diminuir o intervalo de tempo entre a publicação dos periódicos e seu registro na LILACS através do envio dos metadados dos artigos para a LILACS assim que o fascículo seja concluído e enviado para publicação.

Lançada em março de 2003, a iniciativa LILACS-Express incluía primeiramente periódicos das coleções SciELO Brasil e SciELO Saúde Pública e em 2004 foi estendida às coleções nacionais de Chile e Cuba, e depois às coleções temáticas de Odontologia e Psicologia, que utilizam a Metodologia SciELO. Em 2007, foi desenvolvido o sistema LILACS-Express Editor para incluir os periódicos não indexados em SciELO que não adotam esta metodologia. Em 2012, todas as coleções certificadas SciELO foram incluídas em LILACS-Express. Em 2016, o sistema FI-Admin (Administração de Fontes de Informação), passará a ser utilizado pelos editores para envio dos artigos à LILACS, em substituição ao sistema LILACS-Express editor.

A atualização da LILACS Express tem por objetivo fortalecer a LILACS como repositório da literatura técnico-científica em Ciências da Saúde da BVS na América Latina e Caribe.  É resultado do trabalho cooperativo entre editores, rede SciELO, bibliotecas da Rede LILACS e a BIREME/OPAS/OMS, para a efetivação de uma rede eficiente e descentralizada, livre de restrições de espaço e tempo para divulgação e acesso à informação em saúde.

Estas ações são parte do projeto TC-50 entre a BIREME e o Ministério da Saúde. O novo sistema que substitui o LILDBI-Web irá impactar a reavaliação da coleção LILACS, pois provê ferramenta para que todas os periódicos possam cumprir a determinação de acesso aberto da LILACS, em vigor desde 2005.

É importante salientar que LILACS-Express não é uma base de dados, mas uma forma mais rápida de incluir dados na LILACS, sempre fornecendo acesso ao texto completo do documento. Todos periódicoLILACS podem participar da iniciativa LILACS-Express e depositar o PDF do texto completo dos artigos ao registrar os metadados.

O desenvolvimento do módulo LILACS-Express Editor no sistema FI-Admin seguirá o seguinte cronograma:

  • Até 10/05/2016 – Testes e validação interna para liberação do LILACS-Express Editor
  • 10-24/05/2016 – Testes e validação do sistema LILACS-Express com editores LILACS
  • 24/05/2016 a 15/06/2016 – Testes e validação do sistema LILACS-Express com Centros Cooperantes LILACS
  • 15/06/2016 – Inclusão de editores brasileiros em LILACS-Express FI-Admin
  • 27/06/2016 – Comunicado a Coordenadores LILACS da AL&C e coleções temáticas para envio de convocatória aos editores LILACS de suas redes para adesão ao sistema LILACS-Express FI-Admin
  • 15/07/2016 – Encerramento do antigo sistema LILACS-Express Editor e redirecionamento para FI-Admin
  • 18/07/2016 – Envio de convocatória a editores LILACS de rede AL&C e temáticas por parte de BIREME para adesão a LILACS-Express em FI-Admin
  • Final de 2016 – Reavaliação da coleção LILACS com relação à disponibilização em acesso aberto dos artigos.
,

LILACS reavalia coleção de revistas

No ano em que completa 30 anos, a LILACS vem reavaliando a coleção de revistas indexadas com o objetivo manter-se atualizada e relevante.

Primeiramente foram reavaliadas as revistas com atraso de publicação e os 10 títulos abaixo foram excluídos. Desses títulos, um também não atende aos critérios de acesso aberto.

Em conjunto com as coordenações das redes temáticas e nacionais ainda serão reavaliados os títulos em atraso das áreas de Enfermagem, Odontologia e Psicologia e dos países da América Latina e Caribe.

Este ano checaremos os títulos que não cumprem com todos os Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS, especialmente o de prover o texto completo dos artigos em acesso aberto, e as revistas que não atendam aos critérios serão excluídas da LILACS até o final de 2016.


 

LILACS revalua colección de revistas

En el año en que LILACS ha completado 30 años se revalúa la colección de revistas indizadas con el objetivo de  mantenerla actualizada y relevante.

Primero fueran revaluadas las revistas con retraso de publicación y las 10 revistas abajo fueran excluidas. De ellas, una también no cumplía con el criterio de ofrecer acceso abierto a los artículos de la revista.

En conjunto con las coordinaciones de red aún van a ser revaluadas las revistas en retraso en áreas temáticas de Enfermería, Odontología y Psicología y de los países de América Latina y  Caribe.

Este año todos los Criterios de Selección y Permanencia de Revistas LILACS van a ser chequeados, especialmente provisión de acceso abierto a los artículos de las revistas y las que no cumplen con ellos van a ser excluidas de la base hasta fines de 2016.


 

LILACS reevaluate its journals collection

In the 30rd anniversary of LILACS we are re-evaluating the journals collection with the objective to maintain LILACS up to dated and relevant.

The criteria checked were regularity and frequency in publication and the 10 journals below were excluded from LILACS. One of them do not accomplish with the open access to the articles of the journal.

The same verification will be done in Nursing, Dentistry and Psychology areas and in Latin American and Caribbean countries collection with the collaboration of the network coordinations.

In this year the LILACS Journal Selection and Permanence Criteria will be checked and all journals that do not accomplish the criteria will be excluded from LILACS until the end of the year.


 

Revistas excluidas | Journals excluded:

  1. ARBS: annual review of biomedical sciences
  2. Brasília médica
  3. Brazilian journal of allergy and immunology
  4. Jornal brasileiro de neurocirurgia
  5. Pesticidas
  6. Revista brasileira de toxicologia – (No open access)
  7. Revista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Craniomaxilofacial
  8. Revista de administração em saúde
  9. Revista do médico residente (Online)
  10. São Paulo em perspectiva

DeCS 2016: atualização para LILDBI-Web | LILDBI-Web update | actualización para LILDBI-Web

decs2016-220x116

DeCS 2016 disponível para atualização no LILDBI-Web

Já está disponível para download o pacote do DeCS 2016 para atualização dos descritores utilizados no LILDBI-Web. Nesse pacote encontram-se os descritores “Zika Vírus” e “Infecções por Zika Vírus”, dentre outros.

Somente os Centros Cooperantes de Rede BVS tem acesso ao pacote mediante usuário e senha e sua atualização deve ser realizada anualmente.

A solicitação do pacote DeCS deve ser realizada via formulário e estão sujeitas a validação pela BIREME:
https://goo.gl/tplb2T

Para maiores informações, acesse: http://wiki.bireme.org/pt/index.php/Atualização_do_DeCS

________________________________________

DeCS 2016 available to update LILDBI-Web’s auxiliary databases

The DeCS 2016 update-package for LILDBI-Web is now, available for download. In this update are the descriptors “Zika Virus” and “Zika Vírus Infection” and others.

The access to the update-package is provided only to the institution that are part of VHL Network by a login and password.

The update of DeCS must be done once a year.

Fill the form to request the download of the package: https://goo.gl/tplb2T

For more information, access http://wiki.bireme.org/en/index.php/Updating_DeCS

________________________________________

DeCS 2016 disponible para actualización en el LILDBI-Web

El paquete de actualización del DeCS en el LILDBI-Web está disponible para download. En este paquete estan disponibles los descriptores “Virus Zika” y “Infección por Zika Virus” y otros.

Sólo las instituciones que son Centros Cooperantes de la Red BVS tienen acceso al paquete de actualización via usuario y contraseña. La actualización debe ser hecha una vez al año.

La solicitud debe ser hecha en: https://goo.gl/tplb2T

Para más información, acceder a http://wiki.bireme.org/es/index.php/Actualización_del_DeCS

 

, ,

Workshop “Acesso, uso e visibilidade de Conhecimento em Saúde” e o Curso da Metodologia LILACS

De 9 a 13 de novembro de 2015, Verônica Abdala, gerente SCI e a.i. PFI e Sueli Suga, supervisora FIR/PFI, estarão na Bolívia para promover o Workshop “Acesso, uso e visibilidade de Conhecimento em Saúde” e o Curso da Metodologia LILACS, como o acompanhamento de cooperação técnica da OPAS Bolívia e a Universidad Mayor San Andres (UMSA).

Objetivos:

  • Promover a BVS como estratégia para gestão de informação em saúde
  • Promover o acesso e uso do conhecimento científico nos processos de tomada de decisão em saúde
  • Apresentar os principais recursos e fontes de informação em saúde para a Região e Bolívia
  • Promover o controle bibliográfico da produção científica em saúde da Bolívia
  • Oferecer treinamento para o registro da produção científica e técnica em saúde da Bolívia de acordo com a Metodologia LILACS

Clique aqui e acesse a agenda.

Da esquerda para direita Veronica Abdala, Bireme, Dr. Giovani Escalante da OPS/OMS Bolivia, Dr. Waldo Sanchez reitor da UMSA e Marilin, coordenadora da Biblioteca Central da UMSA

Da esquerda para direita Veronica Abdala, Bireme, Dr. Giovani Escalante da OPS/OMS Bolivia, Dr. Waldo Sanchez reitor da UMSA e Marilin, coordenadora da Biblioteca Central da UMSA

, ,

Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil 2015 – inscrições abertas de 1 a 31 de agosto

Estão abertas as inscrições de revistas brasileiras para indexação em LILACS.

O Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil é realizado anualmente e tem como base os Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos LILACS.

As revistas são avaliadas tanto na forma de apresentação e normalização como no conteúdo. A avaliação conta com o apoio de especialistas das áreas e membros do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil.

Os Centros Coordenadores Nacionais (CCN) LILACS são responsáveis pela avaliação e seleção de revistas de seus países. Além disso, a avalição e seleção de revistas das áreas de Psicologia, Enfermagem e Odontologia também são descentralizadas, realizadas pela coordenação das respectivas BVS temáticas.

Acesse: Procedimentos para Submissão do Periódico à Avaliação
Período de inscrição: 01 a 31 de agosto de 2015.
Mais informações: Portal da Metodologia LILACS: Seleção de Periódicos.

La Biblioteca Virtual de Pediatría en Argentina fortalece sus acciones en red

La Organización Panamericana de la Salud y los centros cooperantes de la Biblioteca Virtual de Pediatría en Argentina mantuvieron su primer encuentro anual para trazar líneas comunes de cooperación.
Buenos Aires, 14 de Abril de 2015.- La primera reunión de la Biblioteca Virtual en Pediatría 2015 se llevó a cabo en las instalaciones de la Biblioteca y Centro de Conocimiento del  Instituto Arcis – Fundación Hospitalaria, con representantes de las siguientes bibliotecas y centros cooperantes:

  • Centro de Investigaciones Endocrinológicas Dr. César Bergadá, Prof. Susana Mancini
  • Fundación Hospitalaria – ARCIS, Lic. Catalina Iannello
  • Hospital de Niños Pedro de Elizalde, Lic. Analía Carbajal
  • Hospital de Pediatría Garrahan, Prof. Azucena Guerrero
  • Hospital Dr. Noel Sbarra, Lic. Fernanda Aztigarraga
  • Hospital Ramón Sardá, Bibl. Marina Ibarra
  • Sociedad Argentina de Pediatría y Hospital de Niños Ricardo Gutiérrez, Bibl. Carolina Rodríguez

La reunión contó también con la presencia de la Lic. Marcela Rocca, representante legal de Arcis – Fundación Hospitalaria, como institución anfitriona y con el Lic. Flavio Hazrum, del Centro de Gestión del Conocimiento de OPS/OMS Argentina, como organismo que ofrece estrategias de cooperación técnica en el país, en el marco del desarrollo de las iniciativas conjuntas con BIREME.

bvsped_reunion_2015-1

Fue un punto de encuentro donde los participantes abordaron temáticas comunes de trabajo, como ser: diagnosticar el estado actual de las bases de datos de cada una de las bibliotecas cooperantes; establecer mecanismos de trabajo para facilitar el procesamiento de los materiales bibliográficos disponibles; crear un catálogo colectivo de las publicaciones periódicas recibidas; planificar instancias de capacitación en el manejo de la metodología LILACS para bibliotecarios y de acceso a fuentes de información para usuarios; y, preparar la Matriz de Responsabilidades de la BVS Pediatría, conforme lo establecido por BIREME.

Durante la reunión se confirmó el decidido apoyo técnico de la OPS/OMS para las actividades de la Red, considerando los estándares de calidad establecidos por la Metodología LILACS – Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud, informándose que actualmente se está llevando a cabo la migración de la BVS Argentina, lo que facilitará a futuro la actualización de la misma. A partir de ello, se estableció un calendario de instalación y actualización del software para el manejo de las bases de datos y otras actividades  bibliotecológicas, cuyo objetivo es unificar los registros para que formen parte de BVS Pediatría y BVS Argentina.

bvsped_reunion_2015-2Se reforzó asimismo la necesidad de establecer mecanismos de trabajo conjunto con la Academia de Medicina en la identificación y seguimiento de la indización de las revistas científicas del área de pediatría, salud materno-infantil y del adolescente.

Se reconoció además la fortaleza que brindan estos foros presenciales para dar seguimiento, intercambiar ideas y pensar en forma conjunta las mejores propuestas de trabajo para mantener la base de datos pediátrica y la BVS Pediatría con información académica de calidad y actualizada, y brindar un mejor servicio al equipo de salud, en el ámbito académico, de investigación, para la atención en los servicios y en toma de decisiones.

Fonte: http://www.paho.org/arg/index.php?option=com_content&view=article&id=9866%3Abiblioteca-virtual-pediatria-argentina-fortalece-acciones-en-red&catid=663%3A-gestin-de-la-informacin-y-el-conocimiento-cientifico&Itemid=224

, ,

Inscrições abertas para 15ª edição do Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil

Com o objetivo de melhorar a cobertura temática e geográfica e garantir um padrão de qualidade da literatura registrada na LILACS, os periódicos passam por um processo de avaliação que considera a forma de apresentação e normalização, o fluxo de publicação e o mérito científico dos periódicos.

Cada país do Sistema Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, através dos Centros Coordenadores Nacionais (CCN) é responsável, desde outubro de 1992, pela seleção de títulos de periódicos nacionais.

No Brasil, a BIREME/OPAS/OMS é responsável pelo Processo de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil que seleciona novas revistas e avalia a permanência das revistas já inclusas na base. O processo é realizado anualmente, tem início em agosto e já está em sua 15ª edição.

Para que sua revista participe do processo de seleção, siga as instruções constantes no link Procedimentos para Submissão do Periódico à Avaliação. Antes de submeter sua revista, não esqueça de ler atentamente os procedimentos adotados em LILACS – Critérios de Seleção e Permanência de Periódicos.

O período para envio das revistas para avaliação será de 1º a 31 de agosto de 2014.

Mais informações em Seleção de Periódicos.

Abertas as inscrições para o curso online da Metodologia LILACS 2014

Até o dia 17 de agosto de 2014 estão abertas as inscrições para o Curso Online da Metodologia LILACS 2014, o curso é dirigido aos bibliotecários da rede BiblioSUS, rede LILACS Brasil e instâncias da BVS Brasil.

Com carga horária estimada de 60 horas, seu objetivo é capacitar e atualizar profissionais da informação na aplicação da Metodologia LILACS para a gestão da rede, descrição bibliográfica, indexação de documentos científico-técnicos da área da saúde e colaboração com a base LILACS, além de estimular a troca de experiências entre os integrantes da rede nos diversos estados do país.

A duração das atividades ocorre de 01 de setembro a 03 de outubro, havendo a disponibilidade de 40 vagas.

O processo seletivo, assim como a metodologia, avaliação e emissão de certificados podem ser averiguados em: http://lilacs.bvsalud.org/blog/2014/07/21/curso-online-da-metodologia-lilacs-2014/

Curso presencial da Metodologia LILACS 2014 será realizado em maio

Entre os dias 19 e 23 de maio ocorrerá o curso presencial da Metodologia LILACS na sede da BIREME/OPAS/OMS, em São Paulo.Com carga horária de 40 horas, a iniciativa tem como objetivo capacitar e atualizar o expertise dos profissionais da informação na aplicação da Metodologia LILACS para gestão da rede, descrição bibliográfica, indexação de documentos científico-técnicos da área da saúde e colaboração com a base LILACS, além de estimular a troca de experiências entre os integrantes da rede nos diversos estados do País.

Voltado a bibliotecários da rede BiblioSUS, rede LILACS Brasil e instâncias da BVS Brasil, a seleção de participantes e divulgação dos selecionados foi realizada em abril e se espera que,após o curso, o aluno adquira domínio da Metodologia LILACS, confiança no uso do LILDBI-Web versão 1.7 para descrição bibliográfica e na aplicação da política, das regras e uso do DeCS – Descritores em Ciências da Saúde – para indexação, aumento da qualidade e quantidade das contribuições para a LILACS e para bases locais das BVS e/ou institucionais e discernimento para replicar cursos da Metodologia LILACS, tanto em ambiente presencial como virtual.

Os critérios para seleção dos inscritos foram:

– ser Bibliotecário de formação, colaborador de uma biblioteca brasileira cooperante da Biblioteca Virtual em Saúde (membro das redes BiblioSUS e/ou LILACS e/ou BVS Brasil);

– Ser Centro Cooperante novo na rede;

– Que possua títulos de periódicos e/ou indexe conteúdos para a LILACS;

– Que não tenha participado de cursos anteriores do LILDBI-Web versões 1.6 e 1.7

– Possuir disponibilidade de horário e deslocamento.

– Experiência no uso de computador, internet e conceitos básicos de bases de dados.

Mais informação em:

http://lilacs.bvsalud.org/blog/2014/04/09/curso-presencial-da-metodologia-lilacs-2014/