, , ,

BVS Moçambique: BIREME realiza treinamento em Maputo

bvs-mocambique0-1

Recentemente, o Instituto Nacional de Saúde/Ministério da Saúde de Moçambique e a Representação da OMS no país uniram esforços para revitalizar e atualizar a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) Moçambique e, com este objetivo, Rosemeire Rocha Pinto, bibliotecária e Supervisora de Serviços de Atenção ao Usuário e Juliana Lourenço Sousa, Bibliotecária da área de Monitoramento da BVS representaram a BIREME/OPAS/OMS em atividade de capacitação naquele país.

 

Assim, nos dias 27 a 31 de março, as colaboradoras realizaram, nas dependências do Instituto Nacional de Saúde do Ministério da Saúde de Moçambique, com o apoio da Representação da OMS no país, uma oficina com a equipe responsável pela alimentação da base de dados RDSM, desenvolvimento e gestão da BVS. Foram capacitados 16 participantes das principais regiões do país incluindo coordenadores, documentalistas e pessoal de TI representando sete instituições, como universidades públicas e privadas, os Institutos Superior e Técnico de Ciências de Saúde, Instituto Nacional de Saúde e a Representação da OMS.

 

A colaboradora Rosemeire Rocha Pinto, comenta “O treinamento ocorreu em formato de oficina, permitindo a otimização do tempo e recursos disponíveis, assim como a atualização da BVS, possibilitando aos participantes visualizar o resultado do seu trabalho quase em tempo real”.

 

Na BVS Moçambique também foram definidas as áreas temáticas representando as prioridades de saúde do país e da região, sendo que os temas – Doenças transmissíveis; Doenças crônicas, além do recorte da literatura produzida sobre e no país já estão disponíveis como resultado do trabalho de equipe durante a oficina.

 

Um dos destaques durante o evento foi a assinatura do Termo de Compromisso para formalizar a Rede de Colaboração da BVS Moçambique e atualização da BVS e da base de dados nacional RDSM. Também foi elaborado um plano de trabalho, com base na Matriz de responsabilidades, para a gestão e operação descentralizada e em rede da BVS Moçambique.

 

Na ocasião foi realizada, a convite do representante da OMS, Flatiel Vilanculos, a visita a Representante da OMS em Moçambique, Dra. Djamila Khady, que sinalizou a necessidade de elaborar um projeto, com a colaboração da OMS, para assegurar a sustentabilidade e manutenção da BVS no país.

 

Desta forma, com o empenho e dedicação dos envolvidos, será possível revitalizar esta importante fonte de informação em idioma português – a BVS Moçambique – para servir e informar aos profissionais e trabalhadores da saúde, pesquisadores, professores estudantes e a todos os interessados.

 

A BIREME iniciou colaboração com a Rede ePORTUGUÊSe no ano de 2007 a partir de uma articulação entre a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde (MS) do Brasil e a Organização Pan Americana da Saúde (OPAS) para inserir a Rede no modelo Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e, portanto, desenvolver a BVS ePORTUGUÊSe. A implementação do modelo BVS no contexto da Rede ePORTUGUESe tem como objetivos principais:

  • Oferecer para profissionais de saúde recursos de informação em saúde (conteúdos já disponibilizados na BVS);
  • Oferecer metodologias, tecnologias e estruturas de gestão da informação e do conhecimento para que os países avancem na captação, organização e disponibilização de informação científica e técnica em saúde (ICTS) produzida em seus países; e
  • Fomentar o trabalho em rede, intercâmbio de experiências e aprimoramento de profissionais para tratar a ICTS produzida a nível nacional.

Após a adoção do modelo BVS para os países de língua portuguesa, Moçambique foi um dos primeiros países a desenvolver a BVS entre 2009 e 2013. A seguir é possível visualizar um breve histórico das ações da BVS Moçambique no contexto da Rede ePORTUGUÊSe e da Rede BVS.

A BVS Moçambique alcançou bons resultados e serviu de modelo para os demais países de língua portuguesa, destacando-se:

  • Estabelecimento do portal da BVS Moçambique
  • Realização de Capacitações técnicas no modelo BVS
  • Aquisição de equipamento informático
  • Constituição e formalização das instâncias de Governança da BVS Moçambique (Secretaria Executiva, Comitê Consultivo e Comité Executivo)
  • Desenvolvimento de bases de dados próprias:
    • Base de Dados da Biblioteca Nacional de Saúde de Moçambique – Denominada RDSM é uma base de dados do acervo da Biblioteca Nacional de Saúde do INS/MISAU composto, por documentos da coleção Moçambicana e da literatura internacional o MOZDOC – Centro de Documentação da OMS é uma base de dados da OMS -Representação em Moçambique constituída, pelas publicações da OMS e dos parceiros
  • Hospedagem da BVS em servidor próprio, entretanto, por motivos técnicos foi necessário que a BVS fosse hospedada novamente na BIREME
  • País sede da II Reunião de Coordenação da Rede ePORTUGUÊSe e elaboração da Declaração de Maputo – Compromisso com a Democratização da Informação e Conhecimento Científico nos Países de Língua Portuguesa.
  • Outras instâncias de BVS dos seis países de língua portuguesa além do Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Portugal, São Tomé e Timor Leste também foram criadas no âmbito deste projeto.

Veja também

Depoimentos sobre o treinamento

Fonte: Boletín BIREME/OPAS/OMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *